h1

Atividades em 8 municípios pelo Estado do RJ. Confira abaixo e no site do CRESS. Mobilize-se e mobilize! Sem luta não há direitos! Dia 30 pelas 30 horas! Participe das atividades!

29/08/2011

O Conselho Regional de Serviço Social do Rio de Janeiro está integrando o conjunto de mobilizações organizadas pelo Conjunto CFESS/CRESS no dia 30 de agosto – Dia Nacional de Lutas em defesa das 30 horas como jornada máxima de trabalho dos assistentes sociais, sem redução de salários.

Em agosto de 2010 foram três mil pessoas em Brasília. No dia 30 de agosto de 2011 é hora de fazermos parte dos milhares de profissionais e apoiadores que estarão nesta luta. Como parte dessas mobilizações, estão sendo organizadas diferentes atividades no Estado do Rio de Janeiro. Conheça abaixo a programação. Use verde e utilize o adesivo das 30 horas enviado para a residência dos profissionais. Fotografe e filme sua equipe de trabalho e envie para o CRESS. Mobilize-se e participe das atividades de sua região!

REGIÃO METROPOLITANA

Rio de Janeiro (capital) 10:00 horas – Audiência pública na Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro, com presença de empregadores, entidades sindicais aliadas, unidades de ensino de Serviço Social 12:00 horas – Aula pública na escadaria da ALERJ – Local: Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro – Rua 1º de março, s/nº. Praça XV. Centro. Rio de Janeiro-RJ. 14:00 horas – Ato público contra reforma do PREVIRIO (PL 1005 e PLC 41) Câmara de Vereadores da Cidade do Rio de Janeiro

BAIXADA FLUMINENSE

Nova Iguaçu 9:00h – Debate “As condições éticas e técnicas de trabalho do assistente social e o direito às 30 horas” Palestrantes: Yolanda Guerra (Escola de Serviço Social da UFRJ) e Hilda Corrêa de Oliveira (conselheira do CRESS-RJ) Local: Espaço Sílvio Monteiro – Rua Getúlio Vargas, 51, Centro, Nova Iguaçu

REGIÃO SERRANA

Nova Friburgo Das 15 às 17:00h Debate “A precarização do processo de formação profissional e das condições de trabalho do Serviço Social no cenário contemporâneo” Palestrantes: Lobélia Faceira (conselheira do CRESS-RJ), Fátima Grave (professora da UFRJ e ex-presidente do CRESS-RJ) e Alexsandro Claudio do Nascimento (Presidente do Conselho Municipal da Assistência Social de NF, assistente Social da Aldéia da Criança Alegre e Mestre em Serviço Social pela UFRJ) Local: Prédio da prefeitura (Salão Azul)

REGIÃO DOS LAGOS

Rio das Ostras – 30 de agosto 18 horas Palestra “Condições de trabalho do assistente social e a luta pelas 30 horas” Palestrantes: Marina Castro (professora da UFF PURO e coordenadora da ABEPSS-Leste); Marinete Cordeiro Moreira (INSS/Macaé e vice-presidente do CFESS); Carlos Felipe Nunes Moreira (conselheiro do CRESS-RJ) Local: Auditório UFF Rio das Ostras

Cabo Frio 18 horas Mesa “As condições técnicas de trabalho dos assistentes sociais” Palestrantes: Vânia Dutra (professora, coordenadora do curso de Serviço Social da UVA); Josy Oliveira (professora de estágio da UVA); Moara Paiva Zanetti (conselheira do CRESS-RJ) Local: Universidade Veiga de Almeida REGIÃO SUL FLUMINENSE Volta Redonda 19 horas – Debate “As condições éticas e técnicas de trabalho do assistente social e o direito às 30 horas” Palestrantes: Charles Toniolo de Sousa (presidente do CRESS-RJ e professor da UFRJ) e Maurílio Castro de Matos (conselheiro do CFESS e professor da UERJ) Local: Câmara de vereadores de Volta Redonda

REGIÃO NOROESTE

Itaperuna 19 horas – Debate “Jornada de trabalho do assistente social e a luta pelas 30 horas” Palestrantes: Silvia Dabdab (conselheira do CRESS-RJ) e Rosângela Benevides (conselheira da Seccional de Campos / CRESS-RJ) Local: Faculdade Redentor

REGIÃO NORTE

Campos 16 horas – Debate “Jornada de Trabalho do assistente social e a Luta Pelas 30 horas”. Local: Universidade Federal Fluminense – Campos

OUTRAS ATIVIDADES

Municípios em que os assistentes sociais estarão mobilizados (usando verde, o adesivo da campanha e realizando outras atividades): Mendes, Barra Mansa, Paraty, Resende.

UNIRIO (Rio de Janeiro) 19 horas – Debate e lançamento do livro “A cultura do voluntariado no Brasil” Palestrante: Paula Bonfim (autora do livro) Local: Unirio / Laboratório de Arquivologia / Subsolo, prédio CCH Organização: Escola de Serviço Social da UNIRIO

SAIBA MAIS: Há exatamente um ano o Congresso Nacional aprovou a Lei 12.317/2010, que prevê a jornada máxima de trabalho para os assistentes sociais em 30 horas, sem redução de salários. De lá para cá, muitos profissionais conseguiram implementar a jornada, que resulta em melhores condições de trabalho, em possibilidades de um atendimento de maior qualidade aos usuários, em redução de estresse no exercício profissional, dentre outras conquistas. No entanto, vários empregadores resistem a reconhecer que a Lei altera a lei 8.662/93, que regulamenta a profissão, e portanto deve ser aplicada para todos os assistentes sociais. Esta é uma luta que vem desde os anos 80, o que demonstra o acerto de persistir nas mobilizações em torno das pautas que envolvem melhores condições de trabalho e condições adequadas de atendimento à população. O dia 30 de agosto foi aprovado como Dia Nacional de Luta no sentido de buscar estender o cumprimento do direito às 30 horas para todos os assistentes sociais. É hora de voltarmos à mobilização, acompanhando as atividades, pressionando os empregadores e articulando nossas lutas às de outros trabalhadores e aos interesses da população.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: